Notícias

Boletim Redecomep - Retificação

nº 29/2011

[RNP, 22.02.2011]


    Destaque

    No dia 8/2 foram iniciadas as obras do trecho denominado Anel Zona Sul da RedeRio Metropolitana, que abrange oito bairros da cidade. A obra teve seu início liberado depois que a prefeitura do Rio de Janeiro emitiu, no dia 1/2, a licença para passagem dos cabos ópticos pelas infraestruturas das empresas parceiras desta rede – CET-Rio, Rio Luz e Companhia de Energia Elétrica do Rio de Janeiro (Light). A previsão para conclusão da obra é de 90 dias.

    A RedeRio Metropolitana vai interligar, somente na Zona Sul da cidade, 21 pontos acadêmicos distribuídos por 15 instituições: Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), Universidade Federal do Rio de janeiro (UFRJ), Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), Instituto Benjamin Constant  (IBC), Colégio Pedro II, Instituto Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), Embrapa Solos, Jardim Botânico, PUC, Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro (Fesp) e Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj).

    Em Porto Alegre (RS), pendências na rede inaugurada, como elaboração do “as built”, já foram resolvidas, o que está permitindo a assinatura do Convênio de Cooperação Técnica entre a RNP e as instituições participantes.

    O projeto técnico da Rede Metropolitana de Pelotas continua em avaliação pela Coordenação Técnica da RNP. Também prosseguem as negociações com a Companhia de Energia Elétrica do Rio Grande do Sul (CEEE) a respeito do uso de postes para passagem dos cabos ópticos. Em Niterói, o convênio com a empresa Ampla permanece em fase de negociação.

    Em São Carlos, a rede Sanca acaba de concluir novo trecho da rede, alcançando 70% da sua construção.

    Relacionamento

    Foi assinado em 31/1 o Convênio de Cooperação Técnica entre a RNP e a Universidade Federal de Goiás (UFG), líder do consórcio da Rede Metropolitana de Goiânia (MetroGyn). O documento estabelece as diretrizes para o uso da infraestrutura de fibra óptica cedida pela RNP à instituição.

    As visitas de relacionamento às redes metropolitanas, que estavam suspensas em função do período de férias nas instituições de ensino e pesquisa, serão retomadas em março. Estão previstos encontros em São Luis (MA), Aracaju (SE), Belém (PA) Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Campo Grande (MS), Macapá (AP) e São Paulo (SP).