Notícias

Inaugurada a Rede Metropolitana de Campo Grande

[RNP, 03.08.2010]


    No dia 28/7, em Mato Grosso do Sul, uma cerimônia no Auditório Nelore da Embrapa Gado de Corte marcou a inauguração da Rede Metropolitana de Campo Grande.

    Com 49,5 km de extensão e investimentos da ordem de R$ 900 mil, a Rede Metropolitana de Campo Grande integra as seguintes instituições: Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer II); Colégio Militar de Campo Grande (CMCG); 6º Centro de Telemática de Área (CTA), do Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS), Rosa Pedrossian; Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro); Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS); Instituto Municipal de Mato Grosso do Sul (IFMS); Instituto Municipal de Tecnologia da Informação (IMTI); Instituto Nacional de Metrologia Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro); Secretaria de Estado do Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia (Semac); e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

    De acordo com o coordenador do projeto em Campo Grande, professor Ronaldo Alves Ferreira, da Faculdade de Computação da UFMS, um aspecto muito importante desta iniciativa é a colaboração entre as instituições do estado. “O projeto mostra que é possível que haja colaboração local para se promover melhorias no ensino, na pesquisa e também nos serviços públicos oferecidos aos cidadãos”.

    Com a inauguração da Rede Metropolitana de Campo Grande, agora são 19 redes metropolitanas em operação. Já foram inauguradas redes em Belém, Vitória, Manaus, Florianópolis, Brasília, Natal, São Paulo, Fortaleza, Macapá, São Luis, Goiânia, Campina Grande, Salvador, Cuiabá, Aracaju, Curitiba, Rio Branco e Boa Vista.