Notícias

Boletim Redecomep

[RNP, 30.04.2010]


    Nº 20 / 2010
    (RNP, 30.04.2010)

     

    Destaque: próximas inaugurações

    As redes metropolitanas de Boa Vista (RedeBV) e Campo Grande serão as próximas a inaugurar, com previsão  para o mês de junho.  As redes metropolitanas de Rio Branco, Porto Alegre (MetroPOA) e Recife (Rede Ícone) avançam nas etapas de implantação e têm previsão de inauguração para os próximos meses.

    Região Centro-Oeste

    No dia 6/4 foi realizada reunião com o Comitê Gestor (CG) da Rede Metropolitana de Palmas (Metrotins) para a formalização do acordo jurídico com a Companhia de Energia Elétrica do Estado do Tocantins (CELTINS) e a RNP.

    Nesta data, também foram realizadas reuniões com os representantes do Governo do Estado do Tocantins e com a CELTINS, nas quais estiveram presentes o supervisor regional do Centro-Oeste, Antonio Carlos F. Nunes, e a gerente de Relacionamento do projeto Redecomep, Wilma Silva.

    Ainda nesta ocasião, o CG também deliberou sobre a necessidade de substituição da empresa que irá construir a Metrotins.

    Região Nordeste

    A Rede Metropolitana de Recife (Rede Ícone) já está 93% construída. Já a Rede Metropolitana de Teresina (Rede Poti) está em fase final de aprovação do projeto executivo pela Eletrobrás Distribuição Piauí (Cepisa).  

    Agora sob responsabilidade da empresa Ômega, o projeto executivo da Rede Alagoana de Alta Velocidade (Raave) está em fase final de aprovação pela Companhia Energética de Alagoas (CEAL). Em seguida, será realizada a reunião para formalizar o início da construção da rede.

    Região Norte

    A Rede Metropolitana de Boa Vista (RedeBV) está voltada para as etapas finais de implantação. De 12 a 15/4, passou pela inspeção final, seguida pelo planejamento de instalação, realizado de 26 a 30/4. A RedeBV terá cerca de 42 km de extensão. Inicialmente, a rede ligará, a 1Gbps, sete instituições de ensino e pesquisa.

    Após receber a minuta do projeto técnico da Rede Metropolitana de Porto Velho (Rede Porto), a equipe técnica da RNP enviou uma proposta de traçado alternativo, mais curto, para o Comitê Gestor. Devido às mudanças no traçado, o CG tem trabalhado na redefinição das parcerias com empresas locais.

    O Governo do Estado do Amazonas instalou mais 11 sites no anel da Rede Metropolitana de Manaus (MetroMAO) desde a sua inauguração. Com interesse em assumir a manutenção da rede, o governo aguarda o início das negociações com o Comitê Gestor local sobre os termos do convênio.

    Região Sudeste

    Já foram concluídos 15% da construção da Rede Metropolitana do Rio de Janeiro. Os trechos em construção são os que passam pelo leito da SuperVia, concessionária de trens urbanos do estado, e do Metrô.

    Em Minas Gerais, o Comitê Gestor da Rede Metropolitana de Belo Horizonte avalia a licitação que definirá o fornecedor de fibra apagada (IRU) para a rede. A homologação da empresa vencedora está prevista para maio.

    Região Sul

    A Rede Metropolitana de Porto Alegre (MetroPOA) está 60% concluída e passa pela etapa de aquisição de equipamentos e cabos ópticos.


    Interiorização

    Niterói (RJ)

    A Rede Metropolitana de Niterói (Metronit) está em fase de elaboração do projeto técnico. Está em curso a negociação com a companhia de energia elétrica Ampla para finalizar o documento que dará o direito de passagem dos cabos de fibras ópticas pelos postes da empresa.

    Petrópolis (RJ)

    Em Petrópolis, a coordenação técnica local atualmente desenvolve o projeto técnico da rede. Após a validação pela coordenação técnica da RNP, a perspectiva é que a Solicitação de Propostas (SDP) para a escolha do fornecedor responsável pela construção da rede seja aberta.

    Pelotas (RS)

    A Rede Metropolitana de Pelotas (Recop) encontra-se com seu projeto técnico em fase de conclusão.

    Ouro Preto e Mariana (MG)

    O Comitê Gestor da Rede Comunitária de Educação e Pesquisa da Região dos Inconfidentes (rede INCONF.EDU) finalizou a elaboração do projeto técnico, que atualmente está em fase de análise pela coordenação técnica da RNP.

    Deverá ser lançada em maio a abertura da Solicitação de Propostas (SDP) para a escolha do fornecedor responsável pela construção da rede que interligará as duas cidades mineiras.

    Campinas (SP)

    O projeto técnico da Rede Metropolitana de Campinas se encontra em fase de conclusão para, em seguida, ser submetido à análise da coordenação técnica da RNP.

    O Comitê Gestor conduz a parceria com a concessionária CPFL Energia para a passagem das fibras ópticas pela infraestrutura da empresa.

    Petrolina e Juazeiro (PE)

    Definido o traçado da Rede Comunitária Metropolitana do Vale do São Francisco (REDEVASF), que unirá as cidades de Petrolina e Juazeiro, o Comitê Gestor se dedica à fase final de elaboração do projeto técnico.