Notícias

Inaugurada a Rede Metropolitana de Manaus

[RNP, 20.09.2007]


  • Mesa de abertura

    Mesa de abertura

  • Videoconferência com Mamirauá

    Videoconferência com Mamirauá

No dia 19 de setembro, às 14h, o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e o Governo do Estado do Amazonas inauguraram, em Manaus (AM), a nova rede óptica metropolitana do país para pesquisa e educação, a Metromao. O evento de inauguração aconteceu no auditório da Universidade Estadual do Amazonas (UEA) e contou com a presença do secretário de C&T, José Aldemir de Oliveira, do presidente da RNP, Nelson Simões, dos reitores da UEA e da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Marilene Corrêa da Silva Freitas e Hidembergue Ordozgoith da Frota, do coordenador da Redecomep, José Luiz Ribeiro Filho e da diretora técnica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), Elisabeth Brocki.

A rede metropolitana de Manaus é parte de uma iniciativa mais ampla do estado do Amazonas, a Rede de Educação e Pesquisa do Amazonas - REPAM, que visa a conectar em rede instituições de ensino e pesquisa em todo o estado do Amazonas, utilizando diversas tecnologias de comunicação de dados.

Com 61 km de extensão, a Metromao conecta 15 instituições acadêmicas, unidades da prefeitura e do governo do estado e a empresa distribuidora de energia Manaus Energia. A rede vai facilitar e ampliar a divulgação de estudos científicos e a integração entre universidades, unidades de pesquisa e laboratórios de diversas empresas da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa),promovendo a troca de informações que exijam grande capacidade de banda.

A Metromao/Repam possibilitará, ainda, a ampliação do monitoramento e vigilância do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) para o interior do estado. A rede vai beneficiar também o Projeto Experimento de Larga Escala na Biosfera-Atmosfera na Amazônia (Projeto LBA), cuja instituição líder é o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa). O LBA é o maior projeto de cooperação científica internacional já criado, com a meta de estudar as interações entre a Floresta Amazônica e as condições atmosféricas e climáticas em escala regional e mundial. Na área de saúde, a Metromao propiciará a criação de um pólo de telemedicina no Hospital Universitário Getúlio Vargas (da UFAM), que já integra a Rede Universitária de Telemedicina (Rute), outra frente de atuação da RNP.




Juliana Berriel
RNP
20.09.2007