Notícias

Instalado Comitê Gestor da Rede Metropolitana do Rio de Janeiro

[RNP, 23.05.2007]


    A criação do Comitê Gestor da iniciativa Redes Comunitárias de Educação e Pesquisa (Redecomep) no Rio de Janeiro foi formalizada no dia 22 de maio, em reunião na sede da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP). Fazem parte do comitê, além da RNP, a Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro (Iplan-Rio), o Metrô-Rio, a Supervia e a Rede Rio/Faperj, a quem caberá a coordenação do consórcio.

    Como o Rio de Janeiro já possui uma rede metropolitana mantida e operada com recursos da Faperj, a Rede Rio, a iniciativa Redecomep vem complementar a infra-estrutura existente, cujo anel principal de 1Gbps é formado pelo CBPF, pela UFRJ, pela Puc e pela Fiocruz.

    Hoje a Rede Rio conecta cerca de 100 instituições e 600 mil usuários. A ampliação da rede, através do projeto Redecomep, permitirá a integração, com fibras óptica e capacidade mínima de 1 Gbps, de um número maior de universidades e institutos de pesquisa localizados no Rio de Janeiro. Entre as instituições que serão beneficiadas com a nova infra-estrutura, prevista para entrar em operação em 2008, destacam-se o Impa, a Uerj, a Uff, a Unirio, o Mast e o Observatório Nacional.

    A parceria firmada com a Prefeitura do Rio permitirá o uso da infra-estrutura existente de dutos e postes da CET-Rio e Rio Luz para a passagem dos novos cabos ópticos. Em contrapartida, a prefeitura receberá o direito de usar fibras ópticas para projetos de interesse do município. Da mesma forma, as parcerias com o Metrô-Rio e Supervia, permitirão o uso das galerias e leitos das ferrovias para a implantação da rede óptica.




    Juliana Berriel
    RNP
    23.05.2007